Refletir para Agir – Ciclo de Ações Continuadas

30 Jun

1b779521 copy

Vamos ter ao longo da duração desta fase do nosso projeto, Agressão, Não!, contra a Violência Doméstica entre Casais Homossexuais no concelho de Lisboa, uma série de ações nas mais diversas vertentes, que se destinam essencialmente aos membros da população LGBT, técnicas nas mais variadas áreas de atuação, com especial destaque para a violência doméstica, incluindo os direitos humanos desta minoria, [sobremaneira mais fragilizada, devido a uma panóplia de fatores que, efetivamente, contribuem para a discriminação e estigma, com consequência amiúde desastrosas/dramáticas (veja-se o caso de tantos transsexuais, que há anos se tem vindo a arrastar, sem conseguirem um emprego ou serem bem aceites pela sociedade em geral, mesmo antes de a crise económica ter sido despoletada)], forças de segurança e outros organismos, donde ressaltam as instâncias judiciais, reinserção social, apoio à vítima, serviços municipais, IEFP, etc.

Há que, de facto, tentar reduzir ao máximo este impacto que apenas sociedades, que se dizem modernas, continuam com as mentalidades muito aquém do que seria desejável.

Verifica-se desde sempre que as pessoas, por uma ou outra razão, têm sempre algo a apontar aos seus semelhantes: “um é gordo, a outra é magra, aquele é baixo, o outro tem uma nariz grande, a menina tem o dentinho de fora ou é anorética”, enfim… encontra-se sempre algo para provocar sofrimento ou chacota ao “vizinho do lado”, tantas vezes pelo prazer apenas de ridicularizar e desviar a atenção de si mesmo/a.

No mundo real, a vida é feita de contrastes a todos os níveis, sendo que, a haver uma coexistência mais desprovida de preconceitos, tudo se tornaria muito mais fácil.

Esta série de ações, terá diversos formatos, de que destacamos intervenções em palestras, artigos para publicações na área da saúde e outras, entrevistas, dicas e recomendações de segurança e como agir em caso de violência. Isto porque existem profissionais específicos para este tipo de problemática, sendo que a nossa equipa, sendo multi-disciplinar, abarca um grande conhecimento e poder de intervenção junto da população alvo (LGBT) e de outros técnicos e organismos, não podendo nós esquecer, NUNCA, o público em geral.

Este nosso projeto, COM O APOIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA, em nosso entender, tem sido uma mais-valia pela qualidade da intervenção e pela assistência na mudança de vidas, comportamentos, atitudes e mentalidades, nomeadamente no seio dos casais LGBT no concelho de Lisboa, e que a nós têm recorrido, pelas mais diversas situações.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: