Preservar a segurança pessoal enquanto vive com um agressor

22 Abr

É essencial que durante o período de tempo que a vítima viva com o agressor desenvolva um conjunto de estratégias que lhe permitam preservar a sua segurança e a dos seus filhos. Para esse efeito recomenda-se que a vítima:

    • Identifique o uso e o nível de força do parceiro para que possa avaliar o perigo para si e seus filhos, antes que ele ocorra;
    • Tente evitar uma situação de abuso, saindo;
    • Identifique áreas de segurança em casa onde não haja armas e onde existam sempre vias de fuga. Se ocorrer uma discussão, tente ir para essas áreas;
    • Mantenha armas como pistolas e facas fechadas e tão inacessíveis quanto possível;
    • Se possível, tenha um telefone sempre acessível e saiba de cor os números para pedir ajuda. Saiba o número de uma casa abrigo e da polícia e não tenha medo de a chamar;
    • Tenha o hábito de deixar o carro de modo que o possa usar rapidamente em caso de necessidade (e.g., tenha as chaves sempre à mão, o depósito com combustível);
    • Crie um conjunto de razões plausíveis para sair de casa em diferentes momentos ao longo do dia e da noite;
    • Deixe que os amigos e os vizinhos saibam da sua situação e desenvolva um código (sinal) visual para quando precisar da ajuda deles;
    • Se a violência for inevitável, transforme-se num pequeno alvo: dirija-se para um canto da casa, enrole-se sobre si mesma com o rosto entre os joelhos e proteja a cabeça com os braços e as mãos entrelaçadas;
    • Tente não usar lenços ou joias que possam ser usadas para a estrangular;
    • Não fuja para onde as crianças estão pois o seu parceiro pode feri-las também;
    • Diga aos seus filhos que a violência nunca está correta, mesmo quando alguém que amamos está a ser violento. Diga-lhes que nenhum deles fez nada ou é a causa da violência e que quando alguém está sendo violento é importante garantir a segurança;
    • Ensine os seus filhos como podem procurar ajuda. Ensine-os a não se envolverem na violência entre si e o seu parceiro. Planeie com os filhos um código verbal que assinale qual o momento em que devem procurar ajuda ou sair de casa;
    • Treine como pode sair de casa em segurança. Treine com os seus filhos;
    • Planeie o que fará se os seus filhos disserem ao seu parceiro do seu plano de segurança ou se ele vier a descobrir por outras vias;
    • Ligue para a linha de violência doméstica periodicamente para avaliar as suas opções e ter alguém que a escute.Imagem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: